Pediatria>O que fazer quando a crianca engole medicamentos sem o conhecimento dos pais

Digite sua dúvida:

 

O que fazer quando a crianca engole medicamentos sem o conhecimento dos pais

Consultores

Consultor

 

Asunto: PERGUNTE ASSUNTOS RELACIONADOS A SAÚDE COM NOSSOS CONSULTORES CIENTÍFICO

Nome: EDILSON
Cidade: Petrolina - Pernambuco - Brasil
Pergunta: Boa Noite e Um feliz ano novo a todos.

Tenho uma filha de 3 anos de idade 10 kg e mastigou um comprimido de inalação foraseq (tratamento 2). Não apresentou sintomas. apenas estamos com medo e pedimos a sua orientação.

Grato
Edilson e Celia
Os pais


Dr. Marcello Bossois de Melo Ferreira MD - BRASIL

Consultor

 

Prezado Edilson,

Sigas as seguintes orientações:

Medidas Preventivas

  • Mantenha todos os produtos tóxicos em local seguro e trancado, fora do alcance das mãos e dos olhos das crianças, de modo a não despertar sua curiosidade.

  • Os remédios são ingeridos por crianças que os encontram em local de fácil acesso, deixados pelo adulto.

  • Nunca deixe de ler o rótulo ou a bula antes de usar qualquer medicamento.

  • Evite tomar remédio na frente de crianças.

  • Não dê remédio no escuro para que não haja trocas perigosas.

  • Não utilize remédios sem orientação médica.

  • Mantenha os medicamentos nas embalagens originais.

  • Cuidado com remédios de uso infantil e de adulto com embalagens muito parecidas; erros de identificação podem causar intoxicaçõees graves e, as vezes, fatais.

  • Nunca use medicamentos com prazo de validade vencida.

  • Descarte remédios vencidos; não guarde restos de medicamentos; despeje o conteúdo no vaso sanitário ou na pia e lave a embalagem antes de descartá-la; nunca coloque a embalagem com o seu conteúdo na lixeira.

  • É importante que a criança aprenda que remédio não é bala, doce ou refresco; quando sozinha, ela poderá ingerir o medicamento; lembre-se: remédio é remédio.

  • Pílulas coloridas, embalagens e garrafas bonitas, brilhantes e atraentes, odor e sabor adocicados despertam a atenção e a curiosidade natural das crianças; não estimule essa curiosidade; mantenha medicamentos e produtos domésticos trancados e fora do alcance das crianças.

    Em Caso de contato com o medicamento:

situações de emergência

  • Permaneça calmo.


  • No caso de pacientes inconscientes ou em convulsões, chame o serviço de saúde de emergência.


  • Caso contrário ligue para o Centro de Intoxicações de sua cidade.


  • Siga as instruções do Plantonista.


  • Informações que o plantonista necessitará:

 

- Idade e Peso da Pessoa.
- Qual foi o Produto com que a pessoa se intoxicou.
- Qual a Quantidade do produto que foi utilizada.
- Como a vítima está sentindo-se ou agindo no momento.
- Seu Nome e N° Telefônico.

em caso de ingestão

  • Remova qualquer veneno restante na boca e entre em contato com o Centro de Intoxicações de sua Cidade.
 
  • Não induza vômitos.
 
  • Não dê para a pessoa intoxicada ovos crus, sal, vinagre ou sucos de frutas cítricas para induzir vômitos ou neutralizar o veneno sem recomendação médica.
 
  • Cuidado! Alguns produtos podem conter em seus rótulos dados desatualizados sobre descontaminação e sobre seus antídotos, levando a uma informação incorreta para o tratamento.

em caso de inalação

  • Remova a(s) vítima(s) para o ar fresco o mais rápido possível.
 
  • Abra as janelas e as portas para melhorar a ventilação. Evite fumaças.
 
  • Lembre-se de levar seus animais de estimação, porém não se demore muito no ambiente contaminado.
 
  • Após isso tudo, ligue para o  Centro de Intoxicações de sua cidade.

em caso de contato com os olhos

  • Retire qualquer corpo estranho que possa estar nos olhos da vítima.

  • Lave imediatamente com água corrente abundante por 10 (dez) a 15 (quinze) minutos sem interrupção.

  • Remova lentes de contato se houverem.

  • Para adultos, utilizar um chuveiro seria a melhor opção.

  • Deixe a água cair na testa exatamente acima do olho contaminado e faça esta escorrer pelo olho para evitar um trauma mecânico pela força da ducha, se ambos os olhos estiverem contaminados, deixe a água cair entre os olhos exatamente acima do nariz.

  • Não é necessário segurar as pálpebras para deixar os olhos abertos, abrindo e fechando os olhos repetidamente durante a irrigação ajudará a levar a água a toda a superfície dos olhos.

  • Nunca coloque jatos de água diretamente nos olhos, sempre na testa ou acima do nariz, deixando escorrer para os olhos evitando um trauma mecânico.

  • Nunca utilize colírios, a não ser quando um médico prescrever.

  • Ligue assim que possível para o Centro de Intoxicações de sua cidade.

 

em caso de contato com a pele

  • Remova a roupa contaminada.

  • Lave a área afetada com grande quantidade de água várias vezes, sempre usando luvas para sua proteção.

  • Ligue assim que possível para o Centro de Intoxicações de sua cidade.

Informações retiradas do Centro de Intoxicações do Rio Grande do Sul.


Dr. Marcello Bossois de Melo Ferreira MD - BRASIL

Consultor

 

Prezado Edilson,

Sigas as seguintes orientações:

Medidas Preventivas

  • Mantenha todos os produtos tóxicos em local seguro e trancado, fora do alcance das mãos e dos olhos das crianças, de modo a não despertar sua curiosidade.

  • Os remédios são ingeridos por crianças que os encontram em local de fácil acesso, deixados pelo adulto.

  • Nunca deixe de ler o rótulo ou a bula antes de usar qualquer medicamento.

  • Evite tomar remédio na frente de crianças.

  • Não dê remédio no escuro para que não haja trocas perigosas.

  • Não utilize remédios sem orientação médica.

  • Mantenha os medicamentos nas embalagens originais.

  • Cuidado com remédios de uso infantil e de adulto com embalagens muito parecidas; erros de identificação podem causar intoxicaçõees graves e, as vezes, fatais.

  • Nunca use medicamentos com prazo de validade vencida.

  • Descarte remédios vencidos; não guarde restos de medicamentos; despeje o conteúdo no vaso sanitário ou na pia e lave a embalagem antes de descartá-la; nunca coloque a embalagem com o seu conteúdo na lixeira.

  • É importante que a criança aprenda que remédio não é bala, doce ou refresco; quando sozinha, ela poderá ingerir o medicamento; lembre-se: remédio é remédio.

  • Pílulas coloridas, embalagens e garrafas bonitas, brilhantes e atraentes, odor e sabor adocicados despertam a atenção e a curiosidade natural das crianças; não estimule essa curiosidade; mantenha medicamentos e produtos domésticos trancados e fora do alcance das crianças.

    Em Caso de contato com o medicamento:

situações de emergência

  • Permaneça calmo.


  • No caso de pacientes inconscientes ou em convulsões, chame o serviço de saúde de emergência.


  • Caso contrário ligue para o Centro de Intoxicações de sua cidade.


  • Siga as instruções do Plantonista.


  • Informações que o plantonista necessitará:

 

- Idade e Peso da Pessoa.
- Qual foi o Produto com que a pessoa se intoxicou.
- Qual a Quantidade do produto que foi utilizada.
- Como a vítima está sentindo-se ou agindo no momento.
- Seu Nome e N° Telefônico.

em caso de ingestão

  • Remova qualquer veneno restante na boca e entre em contato com o Centro de Intoxicações de sua Cidade.
 
  • Não induza vômitos.
 
  • Não dê para a pessoa intoxicada ovos crus, sal, vinagre ou sucos de frutas cítricas para induzir vômitos ou neutralizar o veneno sem recomendação médica.
 
  • Cuidado! Alguns produtos podem conter em seus rótulos dados desatualizados sobre descontaminação e sobre seus antídotos, levando a uma informação incorreta para o tratamento.

em caso de inalação

  • Remova a(s) vítima(s) para o ar fresco o mais rápido possível.
 
  • Abra as janelas e as portas para melhorar a ventilação. Evite fumaças.
 
  • Lembre-se de levar seus animais de estimação, porém não se demore muito no ambiente contaminado.
 
  • Após isso tudo, ligue para o  Centro de Intoxicações de sua cidade.

em caso de contato com os olhos

  • Retire qualquer corpo estranho que possa estar nos olhos da vítima.

  • Lave imediatamente com água corrente abundante por 10 (dez) a 15 (quinze) minutos sem interrupção.

  • Remova lentes de contato se houverem.

  • Para adultos, utilizar um chuveiro seria a melhor opção.

  • Deixe a água cair na testa exatamente acima do olho contaminado e faça esta escorrer pelo olho para evitar um trauma mecânico pela força da ducha, se ambos os olhos estiverem contaminados, deixe a água cair entre os olhos exatamente acima do nariz.

  • Não é necessário segurar as pálpebras para deixar os olhos abertos, abrindo e fechando os olhos repetidamente durante a irrigação ajudará a levar a água a toda a superfície dos olhos.

  • Nunca coloque jatos de água diretamente nos olhos, sempre na testa ou acima do nariz, deixando escorrer para os olhos evitando um trauma mecânico.

  • Nunca utilize colírios, a não ser quando um médico prescrever.

  • Ligue assim que possível para o Centro de Intoxicações de sua cidade.

 

em caso de contato com a pele

  • Remova a roupa contaminada.

  • Lave a área afetada com grande quantidade de água várias vezes, sempre usando luvas para sua proteção.

  • Ligue assim que possível para o Centro de Intoxicações de sua cidade.

Informações retiradas do Centro de Intoxicações do Rio Grande do Sul.


 


 
 
Home | Produtos | A empresa | Dúvidas | Mapa do site | Contato
© 2008, C.A.L.M. INTERNATIONAL - Todos os direitos reservados
Conheça nossos outros sites!!!
Remédios | Suplementos e Vitaminas | Vitamed | Para alérgicos

Alergia | Cancer | Cardiologia | Clinica Medica | Dermatologia | Doenca Infecto Contagiosas | Endocrinologia | Gastroenterologia | Ginecologia e Obstetricia |
Neurologia | Nutrologia e Medicina Ortomolecular | Oftalmologia | Oncologia | Ortopedia | otorrinolaringologia | Pediatria | Perguntas Frequentes | Pneumologia |
Reumatologia | Seguranca na Internet | Sociobiologia | Urologia |