Sociobiologia>A BURRICE DA CENSURA NA INTERNET

Digite sua dúvida:

 

A BURRICE DA CENSURA NA INTERNET

Professor Mario Giudicelli - BRASIL e USA

Consultor

 

A BURRICE DA CENSURA NA INTERNET

 
                               Texto de Mário Giudicelli,
 
 
O jornal O ESTADO DE SÃO PAULO é conhecido há mais de uma centena de anos como um dos grandes baluartes na defesa da democracia e da liberdade.. Chega até a ser supérfluo voltar a citar esse fato tão bem conhecido por todos.
 
Num artigo recente, entretanto, talvez porque se trate de um jornal publicado num país do Terceiro Mundo, onde mesmo entre jornalistas supostamente bem ilustrados falta ainda o completo conhecimento do que significa, em sua totalidade, a INTERNET, o ESTADÃO dá uma escorregadela, ao publicar uma longa matéria condenando e, de certo modo, pedindo a interferência das autoridades, no sentido de procurar proibir a suposta ação de racistas, que, através da Internet, atacam grupos, tais como negros, nordestinos, judeus, etc. Talvez seja até cansativo voltar a repetir a velha frase de Voltaire ( “não concordo com uma só palavra que dizeis, mas defenderei até a morte o vosso direito de dizê-lo”).
 
Mas a verdade é que o ESTADÃO furou tremendamente por duas razões principais. A primeira é que esse jornal mostra um total desconhecimento do que seja a INTERNET, uma espécie de organização mundial sem dono, mais ou menos parecida com a ideia de pedir a abolição do telefone, porque certas pessoas o utilizam para dizer nomes feios, ou para insultar os outros.
 
Ou ainda pedir que o governo acabe com o vento nas ruas, simplesmente porque as folhas secas das árvores caem no nosso jardim.
 
A segunda grande escorregadela é que a verdadeira liberdade consiste precisamente no direito que todos têm de expressar seus pontos de vista pela mídia, de um modo geral, por mais desagradáveis que eles nos pareçam. Sem dúvida, que tais indivíduos que se utilizam da INTERNET para atacar e desrespeitar negros, judeus ou nordestinos não passam de um bom bando de refinados idiotas.
 
Eles só exibem sua falta de educação, de inteligência, de escolaridade, de simples leitura, enfim. Mas isso, curiosamente, nos leva então a indagar: se o ESTADÃO se opõe tão firmemente ao racismo realizado em alguns setores da INTERNET, por que razão se cala quando certos grupos querem nos impor religião forçada nas escolas públicas pagas com o dinheiro do contribuinte? Se tal ideia fosse aventada nos Estados Unidos, seus autores não chegariam propriamente a ser presos; eles iriam direto para um hospital de débeis mentais.
 
Por outro lado, por que o ESTADÃO, igualmente, não pede punição para os bancos, que obrigam as pessoas a ficarem em filas intermináveis para pagar contas, um fato que seria impossível na democracia dos Estados Unidos? Por que também não pedir a abolição de cartórios, para reconhecimento de firmas ou assinaturas, um órgão medieval explorador e totalmente inútil ( e que igualmente provocaria gargalhadas nos Estados Unidos ?)
 
Como membro que sou da American Civil Liberties Union, devo informar que me tornei membro dessa democrática instituição norte-americana precisamente porque muitos dos seus advogados ( que nela trabalham gratuitamente) têm proporcionado seus serviços profissionais na defesa de tipos repulsivos, tais como os associados da Ku-Klux-Khan ou do partido nazista americano, não obstante. eles próprios sejam judeus, isto é, vítimas do próprio nazismo; tudo em nome do livre direito que esses malucos racistas têm de expressar livremente seus pontos de vista, que não podem ser proibidos pela polícia.
 
Finalmente, é burrice e ignorância pretender impor censura na INTERNET, como seria igual burrice pretender impedir que os ventos da Pacífico chegassem ao território brasileiro. A INTERNET é simplesmente uma comunicação global sem fronteiras. Querer interferir com sua inerente liberdade só nos faz lembrar a debilidade mental dos cidadãos dos Estados Unidos, no começo do século quando, apavorados com a chegada dos misteriosos e assustadores automóveis Ford de bigode, pediram ( e conseguiram temporariamente) leis para que o veículo fosse proibido de transitar pelas ruas, porque fazia com que as vacas diminuíssem a produção de leite e porque o carro levava os jovens à masturbação.

 Release para Imprensa:

 http://www.comuniquese.com.br/deliverer_homolog/site/preview.asp?id=45692


 


 
 
Home | Produtos | A empresa | Dúvidas | Mapa do site | Contato
© 2008, C.A.L.M. INTERNATIONAL - Todos os direitos reservados
Conheça nossos outros sites!!!
Remédios | Suplementos e Vitaminas | Vitamed | Para alérgicos

Alergia | Cancer | Cardiologia | Clinica Medica | Dermatologia | Doenca Infecto Contagiosas | Endocrinologia | Gastroenterologia | Ginecologia e Obstetricia |
Neurologia | Nutrologia e Medicina Ortomolecular | Oftalmologia | Oncologia | Ortopedia | otorrinolaringologia | Pediatria | Perguntas Frequentes | Pneumologia |
Reumatologia | Seguranca na Internet | Sociobiologia | Urologia |