Sociobiologia>Aprenda essas dicas quando viajar para os Estados Unidos

Digite sua dúvida:

 

Aprenda essas dicas quando viajar para os Estados Unidos

Professor Mario Giudicelli - BRASIL e USA

Consultor

 

  

                         

 

                            Texto de Mário Giudicelli

 

          A maioria dos turistas que viajam para os Estados Unidos se utilizam de agências de turismo ou viagens, o que é uma providência certa. Mas existem outros que preferem tomar suas próprias decisões ou providências e muitos destes, naturalmente, cometem sérios erros ou gastam dinheiro desnecessariamente. Este breve artigo se propõe e ensinar alguns truques interessantes para que você possa melhor aproveitar sua viagem. Tome nota :

 

1 – Comprar um pacote de agência é sempre melhor negócio do que você pagar cada item separadamente e no próprio local. Mas se você, por exemplo, deseja alugar um carro, faça o seguinte : evite as empresas (car rentals) que se localizam no aeroporto.  Elas são muito caras ( para os padrões americanos, embora relativamente baratas para o padrão brasileiro). Ao desembarcar, vá ao primeiro telefone público no aeroporto, disque 411 ( que é chamada grátis e o seu depósito de 50 centavos lhe será devolvido ao fim da chamada) e peça o número da companhia  RENT A WRECK ( literalmente, “Alugue um Calhambeque”) e peça que o venham apanhar no aeroporto. Indique apenas pelo telefone a porta em frente a sua saída do aeroporto e o nome companhia em que você viajou. Os carros dessa empresa que tem filiais no país inteiro, sãoexcelentes, embora não sejam necessariamente do ano. Além disso, tal como nas demais companhias de alugueis, se você tiver algum problema, dê uma rápida chamada e eles virão em seu socorro e substituirão o carro. Os preços da Rent a Wreck são menos do que 50% das outras.

 

2 – Quando o levarem para o escritório dessa companhia e depois de preenchida a papelada, peça que lhe dêem um mapa da região e os folhetos de locais, passeios e sobretudo hotéis do estado em que você se encontra. Com essa pequena revistinha indicando o nome de todos os hotéis da Flórida, você pode calmamente escolher um vasto número de locais geralmente muito mais baratos do que aqueles usados na rota turística. Por exemplo, em Miami onde você pode pagar de 50 a 150 dólares por dia nos hotéis regulares, basta pagar por volta de 16 a 18 dólares em ótimos motéis, que também se encontram por toda a parte. Observe, é claro, que motel nos Estados Unidos nada tem a ver com a conotação brasileira. Motel

é apenas um hotel com geralmente um único andar e onde você para seu carro na porta do quarto que lhe deram.

 

3 – Se você pretende conhecer Orlando e seus famosos parques e se pretender ver o melhor e poupar dinheiro, duas coisas podem ser feitas. A Disneyworld está, a meu ver, completamente ultrapassada pela Universal e pela Metro Goldwyn Meyer. Cada um desses parque cobra 60 dólares. Consequentemente é melhor você usar seu tempo apenas com esses dois entretenimentos, deixando de lado a Disney e o Epcot,  que igualmente não merecem seu igual custo de 60 dólares cada um. Por outro lado, ao longo da avenida principal de Orlando (International Drive) existem numerosos locais fáceis de serem vistos, onde se anuncia a venda de entrada aos parques pela metade do preço. Claro que se trata de uma espécie de vigarice, mas vigarice do Primeiro Mundo. Aprenda a tirar vantagem dela.Enormes empresas que vendem  apartamentos mobiliados ou condomínios para curtos prazos, tratam de capturar os turistas dos principais hotéis, procurando vender-lhes algum apartamento de qualquer maneira e a forma de atrair os visitantes para seus locais de venda é prometer que depois da apresentação e descrição dos vários locais, você então terá o direito de adquirir os tickets pela metade do preço. Assim, pela manhã., um ônibus dessa companhia o transportará do hotel para o condomínio e ali, num grande auditório, começam a apresentação de vendas e toda essa habilidade geralmente funciona para muita gente, de modo que, obviamente, eles não perdem dinheiro . Mas é claro que você só está interessado em pagar a metade pela entrada da  Disneyworld, de modo que esteja preparado para perder uma manhã com tais visitas, mas saiba resistir à cantada dos vendedores, muitos dos quais, inclusive falam perfeitamente o português.

 

4 – Se você pretende viajar em carro alugado de Miami para Orlando,  na ida prefira seguir pela rota A1A ( que segue ao longo da costa) e embora a viagem dure o dobro do tempo daquele que segue diretamente pela Flórida Turnpike ( que inclusive custa um caro pedágio), oferece-lhe a oportunidade de um belo passeio inesquecível. Sugiro até que você prefira fazer a viagem em dois dias e parando em algum motel barato na metade do caminho. Na volta para Miami retorne pela Florida turnpike.

 

5 – Com relação a comer, em primeiro lugar aprenda que café que não quer dizer café ( ou coffee) em inglês.. Muita gente desinformada erradamente afirma que o café que tomam nos Estados Unidos é horrível. Mas o erro aí é de semântica. O que você toma no Brasil não é o mesmo que “coffee” na terra dos nossos amigos ianques. O que você deve pedir é “expresso coffee” e se o restaurante ou  coffee shop tiver essa bebida, pode estar certo que tomará um café mil vezes melhor que os cafés quetomamos regularmente por toda a parte no Brasil. Os americanos tomam uma outra coisa que eles denominam de “coffee”, mas essa estranha bebida deve ser evitada, pois só serve para o gosto americano. No seu café da manhã ( ou breakfast) nunca peça leite quente, uma coisa praticamente desconhecida. Você tem mesmo é que tomar o tal “coffee”americano e nele coloca um pouco de creme frio ( uma espécie de leite condensado sem açucar) e a coisa é perfeitamente tolerável, salvo para os ultra recionários anti-americanos do PT.

 

6 – Para simplificar sua vida culinária nos Estados Unidos, aconselho-o (para que você não perca tempo e não fique perdido) a usar apenas estes três tipos de restaurantes  excelentes e baratos ( que se acham por toda a parte). O primeiro se chama SIZZLER e é onde você come excelentes bifes suculentos ( uma enorme variedade de tamanhos e gostos e todos com fotos coloridas na entrada para você saber o que vai selecionar) e que vêm acompanhados de uma batata cozida e aberta no meio, onde eles colocam uma enorme bola de manteiga e quantos condimentospreferir. O prato também lhe dá direito a uma vasta salada e a um gostoso pão tostado. O outro restaurante especializado em frutos do mar é o “RED LOBSTER (  a Lagosta Vermelha), também encontrado por toda a parte,  e nele você nunca terá comido camarões tão saborosos e com tantas variedades de paladares. Finalmente,  na falta destes,  aprenda a comer comida chinesa, que na América é excelente. Você nunca se arrependerá pedindo ( shrimp with fried rice) camarões em arroz frito  ou “ beef with peapods”,  uma excelente carne de bife com ótimo molho e que é servida com ervilhas. Os pratos chineses são geralmente mais baratos que a comida dos demais restaurantes.

 

7 – Finalmente, para fazer compras, nada melhor do que adquirir diariamente o melhor jornal local ( em Miami por exemplo adquira o MIAMI HERALD ,que inclusive é apresentado em espanhol na mesma edição) e nele sim você achará todas as liquidações do dia em um número vasto de lojas. Prefira sempre a edição dominical e com isso você poupará muito mais dinheiro do que visitar as lojas brasileiras no centro de Miami na Flagler St.  Estas são poucas mais importantes dicas. Se você quiser saber mais coisas sobre os Estados Unidos, abaixo encontrará meu e-mail; e todas as perguntas serão respondidas. No próximo artigo e para dores de barriga dos nossos pouco amistosos amigos do consulado norte-americano de São Paulo ou do Rio de Janeiro, eu lhe explicarei como se pode imigrar ilegalmente para os Estados Unidos; porque Yankeesprocuram desesperadamente impedir a entrada de tanta gente de outros países e como se consegue emprego naquela imensa nação. Mas não se esqueça que na mente cimentada dos puritanos protestantes, sexo em público  é pecado e assim  jamais pense em cantar uma mulher na rua. Você poderá ser processado por assédio sexual. É melhor esquecer o sexo nos Estados Unidos. Ou então pense como americano e corra para os bares, night clubs ou discotecas e ali,  juro por Deus,  você nunca sairá sozinho. As mulheres americanas ( e os homens também, é claro, ) gostam tanto de sexo como os brasileiros e brasileiras. SÓ QUE TUDO, NESSA SOCEDADE PURITANA É TOTALMENTE HIPÓCRITA, E  PORTANTO SEXO NÃO EXISTE. AFINAL OS AMERICANOS PROTESTANTES SE MULTIPLICAM ATRAVÉS DA CEGONHAS.......


 


 
 
Home | Produtos | A empresa | Dúvidas | Mapa do site | Contato
© 2008, C.A.L.M. INTERNATIONAL - Todos os direitos reservados
Conheça nossos outros sites!!!
Remédios | Suplementos e Vitaminas | Vitamed | Para alérgicos

Alergia | Cancer | Cardiologia | Clinica Medica | Dermatologia | Doenca Infecto Contagiosas | Endocrinologia | Gastroenterologia | Ginecologia e Obstetricia |
Neurologia | Nutrologia e Medicina Ortomolecular | Oftalmologia | Oncologia | Ortopedia | otorrinolaringologia | Pediatria | Perguntas Frequentes | Pneumologia |
Reumatologia | Seguranca na Internet | Sociobiologia | Urologia |