Sociobiologia>Fumar ou nao fumar ?

Digite sua dúvida:

 

Fumar ou nao fumar ?

Professor Mario Giudicelli - BRASIL e USA

Consultor

 

 

 

                                Texto de Mário Giudicelli

 

 

                Há alguns anos já que nos Estados Unidos vem se desenvolvendo uma intensa campanha contra o cigarro. Como tudo o que é feito dentro do exagerado a fanatizado ambiente que eu chamo de “fundamentalista”, isto é, nessa sociedade eternamente conflitante e irritantemente – e por que não dizer ? – falsamente moralista, onde um grupo relativamente pequeno mas muito poderoso financeira e politicamente tenta nos impor todos os seus valores e suas crenças idiotizantes, ao mesmo tempo que afirmam que assim agem  por comando e ordem de Deus, nesse triste ambiente, amigos, surge agora também essa nova pressão para que deixemos o cigarro de lado.

                Bem, para poder comentar com isenção o que desejo revelar,  devo desde logo dizer que há muito  abandonei o cigarro e embora ainda não entrando nos detalhes importantes,  acredito que todos os dados científicos realmente nos informam corretamente que o cigarro é um tremendo mal para a saúde, criando as condições adequadas para que tenhamos uma morte associada à intolerável dor e sofrimento que nos produz o câncer nos pulmões. Está poisbem clara minha posição anti-cigarro.

 

                  O FUNDAMENTALISMO LEVA

                       PRECISAMENTE AO VÍCIO

 

        Mas o que posso com larga experiência documentar e provar, é que o novo movimento anti-cigarro nos Estados Unidos ( que conto com  aprofundada esperança não seja imitado no Brasil) e capitaneado por esses moralistas e hipócritas bem semelhantes aos que há anos igualmente  pretendem lançar-se contra o uso das chamadas drogas perigosas, vai acabar por produzir entre os jovens ( que são suas vítimas mais fáceis e as mais cobiçadas pelas grandes fábricas de cigarros) precisamente o desejo de começar a fumar. Essa burrice dos novos líderes anti-cigarro nos Estados Unidos contém os mesmos ingredientes dos moralistas piedosos que fingemou simplesmente são impressionantemente ingênuos e ignorantes da realidade do que significa a dependência fisiológica ou biológica de uma droga) que lutam e se opõem a que os jovens usem cocaína ou os derivados do ópio. E tal como afirmava sabiamente o falecido Senador Estes Kefauver dos Estados Unidos, quando comentava o então crime contra pornografia, “o  puritano é o maior aliado do crime organizado”.

        Ora, meu temor é que nessa nova e tola campanha contra o uso de produtos do tabaco de uma modo geral, venhamos a lançar slogans moralistas, piedosos, religiosos ou pretendendo levar a tola mensagem aos jovens afirmando ou deixando perceber  que nós velhos podemos fazer coisas que são proibidas aos que têm pouca idade ( conforme ocorre, por exemplo com a fracassada campanha puritano moralista norte-americana  contra o uso de bebidas alcoólicas, onde se proíbe aos jovens fazer aquilo que todos nós os mais velhos podemos fazer legalmente, isto é, embebedarmo-nos tanto quanto queiramos.)

       

                         A CORRETA MENSAGEM

 

        O quer sim deveríamos fazer no Brasil foi o que demonstrado por um cancerologista na cidade de Dallas. Ele simplesmente levou para a televisão uns dois ou três pulmões extraídos de indivíduos – um homem e duas mulheres – que haviam morrido de câncer . Esse especialista colocou um dos pulmões de cada vez dentro de um grande recipiente de vidro que continha álcool e com a mão enluvada  expremeu-o . O líquido ficou imediatamente escuro como resultado de todo o breu de asfalto quefluia do pulmão, ao mesmo tempo que, depois de exprimi-lo duas ou três vezes,  o próprio pulmão readquiria um tom avermelhado como se estivesse voltando à vida. E a seguir, com um estilete, o médico cortou e exibiu as partes desses pulmões corroídos pelo câncer produzido pelo uso constante do cigarro.   

                Os jovens não são nem bobos nem ingênuos conforme muita gente pensa.  Ninguém quer morrer se isso for possível evitar. Mas o jovem gosta de novas experiências  e gosta também de fazer aquilo que só  é permitido aos mais velhos. O que devem fazer aqueles que sinceramente se empenham em fazer bem aos outros, não é demonizar o prazer . Sem dúvida que o cigarro é um gostoso e atraente companheiro. E nesse sentido não há nada a criticar, pois é só no cérebro doentio de um puritano que se pode crer que Deus nos condena todos ao inferno por desejarmos sentir prazer, ou que Ele não dá um tostão por nossas almas, conforme irritantemente pretendem os calvinistas americanos do sul dos Estados Unidos.   O que, sim, se deve demonstrar com provas que nada têm de moralistas, é que o uso do cigarro, se não mata logo,  certamente reduz os melhores anos de nossa vida, enfraquece-nos sexualmente e eventualmente nos leva  à dolorosa morte por câncer. E que o verdadeiro macho é aquele rapaz que, na frente de sua namorada ou de seus pares, mostra que ele não é escravo  de ninguém. Nem dos políticos, nem dos moralistas, ... e nem do cigarro. E a mensagem deveria ser:  “Seja Macho : Deixe o cigarro !”


 


 
 
Home | Produtos | A empresa | Dúvidas | Mapa do site | Contato
© 2008, C.A.L.M. INTERNATIONAL - Todos os direitos reservados
Conheça nossos outros sites!!!
Remédios | Suplementos e Vitaminas | Vitamed | Para alérgicos

Alergia | Cancer | Cardiologia | Clinica Medica | Dermatologia | Doenca Infecto Contagiosas | Endocrinologia | Gastroenterologia | Ginecologia e Obstetricia |
Neurologia | Nutrologia e Medicina Ortomolecular | Oftalmologia | Oncologia | Ortopedia | otorrinolaringologia | Pediatria | Perguntas Frequentes | Pneumologia |
Reumatologia | Seguranca na Internet | Sociobiologia | Urologia |