Home

Remédios Suplementos e Vitaminas Vitamed  Vacinas  Para Alérgicos


Faça sua busca aqui !
Clinaire






ABCdoPRECO

PRODUTOS

Bula do Alvent 250mcg/ml Caixa com 20 Flaconete com 2 Ml


Dica de compra
ALVENT ®
Brometo de ipratrópio

Solução para nebuIização - Cartucho contendo 20 flaconetes plásticos de 2 ml

USO ADULTO OU PEDIÁTRICO

Cada ml de solução para nebulização de ALVENT® contém:
Brometo de ipratrópio (equivalente a 250 mcg de ipratrópio) 260,9 mcg
Veículo.................. q s.p ............... 1.0 ml

Componentes não ativos: diidrogênio fosfato de sódio monoidratado, fosfato de sódio diidratado, cloreto de sódio e água purificada.

-INFORMAÇÕES AO PACIENTE

O brometo de ipratrópio é um agente broncodilatador.

Conserve em temperatura ambiente (entre 15º e 30º C) e proteja da umidade.

Prazo de validade:
24 meses.

ATENÇÃO: Não utilize o produto após vencido o prazo de validade, sob o risco de não produzir os efeitos desejados.

ALVENT® é utilizado somente para uso inalatório, através de nebulização. ALVENT® pode ser administrado através de qualquer tipo de aparelho nebulizador.

Informe seu médico sobre a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após seu término. Informe-o se estiver amamentando. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento de seu médico.

Informe seu médico sobre o aparecimento de reações desagradáveis, tais como boca seca, retenção urinária e constipação.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS.

ALVENT® é contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade conhecida à droga, a qualquer outro componente da formulação ou à atropina e seus derivados. Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

NÃO TOME REMÉDIO SEM CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

-INFORMAÇÃO TÉCNICA

O brometo de ipratrópio é um agente anticolinérgico amônio quaternário derivado da atropina, com propriedades anticolinérgicas e com alta bronco-seletividade. Pela inibição da síntese de GMPc ACh-induzida e provavelmente pela inibição de uma possível Iiberação excedente de mediadores por bloqueio dos receptores colinérgicos na superfície dos mastócitos, o brometo de ipratrópio exibe uma acentuada broncodilatação e com ação moderadamente prolongada. O ipratrópio apresenta atividade antimuscarínica superior no músculo liso brônquico do que em glândulas secretoras. A ação broncodilatadora inicia-se 3 a 5 minutos após a inalação e dura por 4 a 6 horas. O brometo de ipratrópio protege contra diferentes broncoespasmos induzidos física e quimicamente e pelo meio ambiente, com efeitos variáveis e extensos. Para o tratamento de broncoconstrição aguda, o brometo de ipratrópio é menos adequado que os beta2-agonistas, mas para profilaxia de broncoconstrição aguda o ipratrópio pode ser usado.

Além disso, o brometo de ipratrópio pode proporcionar benefícios adicionais na combinação com beta2-agonistas. O brometo de ipratrópio não determina alterações clinicamente significantes nos gases sangüíneos arteriais.

O brometo de ipratrópio é muito pouco absorvido no trato gastrointestinal. Foi relatado como sendo parcialmente metabolizado após administração oral e excretado na urina e fezes como droga inalterada e metabólitos.

A inalação de brometo de ipratrópio, mesmo em dosagens máximas, não mostrou qualquer efeito tóxico nos estudos avaliados.

-INDICAÇÕES:

ALVENT® é indicado como broncodilatador no tratamento da asma brônquica e da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), como bronquite crônica e enfisema pulmonar.

-CONTRA-INDICAÇÕES:

ALVENT® é contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade conhecida à droga, a qualquer outro componente da formulação ou à atropina e seus derivados e em pacientes com glaucoma, hipertrofia prostática, retenção urinária e oclusão intestinal.

-PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS:

ALVENT® deve ser usado sob orientação médica. Pacientes devem ser instruídos para administração correta de ALVENT® e avisados sobre a ocorrência, embora rara, de visão borrada temporária, precipitação ou piora de glaucoma de ângulo fechado ou dor nos olhos quando a solução entrar em contato direto com estes. O uso de um nebulizador com adaptador bucal ao invés de máscara facial pode ser preferível para reduzir a probabilidade da solução atingir os olhos.

O brometo de ipratrópio deve ser usado com cautela em pacientes com coronariopatias e cardiopatias.

Existem raros relatos de broncospasmo paradoxal associado com a administração do brometo de ipratrópio através da nebulização. O paciente deve ser advertido para procurar auxílio médico se uma resposta reduzida tomar-se aparente.

Gravidez e lactação: O brometo de ipratrópio tem sido usado por vários anos e não existem evidências de efeitos indesejáveis durante a gravidez. Estudos em animais não demonstraram riscos. Todavia, medicamentos não devem ser usados na gravidez, especialmente durante o primeiro trimestre, a menos que o beneficio esperado supere qualquer possível risco ao feto.

Interações medicamentosas: Existem evidências que a administração concomitante de brometo de ipratrópio e drogas simpaticomiméticas produzem um maior alívio do broncoespasmo que cada uma administrada isoladamente. O brometo de ipratrópio demonstrou produzir broncodilatação efetiva em pacientes recebendo agentes beta-adrenérgicos e derivados xantínicos. ALVENT® pode se
utilizado em associação com corticosteróides sem resultar em interações medicamentosas prejudiciais.

-REAÇÕES ADVERSAS:

Devido à baixa absorção sistêmica do brometo de ipratrópio, efeitos colaterais anticolinérgicos, tais como taquicardia, palpitações, alterações visuais, alterações da motilidade gastrintestinal e retenção urinária, são raras e reversíveis em doses terapêuticas. Alguns pacientes podem apresentar boca seca, náuseas e vômitos.

-POSOLOGIA:

ALVENT® é utilizado somente para uso inalatório. ALVENT® é administrado por inalação, através de nebulizadores adequados ou de um aparelho com pressão positiva intermitente.

Adultos e crianças acima de 14 anos: 1 flaconete (2 ml), 1 a 2 vezes ao dia. De acordo com a gravidade da doença, a posologia pode ser aumentada, segundo orientação médica, para 1 flaconete de 2 ml, até 4 vezes ao dia. Crianças de 3 a 14 anos: Metade do flaconete - ½ dose (1 ml), 1 a 2 vezes ao dia, podendo ser aumentada até o máximo de ½ dose (1 ml), 3 vezes ao dia

Caso necessário, a solução para nebulização pode ser diluída com solução fisiológica estéril na proporção 1:1.

Para permitir o uso de 1 ml de solução, os flaconetes apresentam uma graduação de meia-dose (1 ml). No caso de meia-dose ser requerida, a solução restante deve ser utilizada dentro de 12 horas.


-INSTRUÇÕES DE USO:

1. Retire a tira de flaconetes de dentro da embalagem de alumínio
2. Destaque o flaconete da tira pressionando sucessivamente para baixo e para cima (figura A);
3. Separe o flaconete da tira na parte superior e, após, no centro (figura B);
4. Abra o flaconete girando a tampa (figura C);
5. Aperte levemente o flaconete dentro da câmara do nebulizador, até a marca da dose prescrita ser atingida (figura D);
6. Se somente metade da dose for usada, tampe o flaconete girando a tampa e pressionando-a no lugar (figura E). Use a solução restante dentro de 12 horas.

-SUPERDOSAGEM:

Não foram reportados casos de superdosagem.

USO GERIÁTRICO:

ALVENT® pode ser usado por pessoas acima de 65 anos de idade, desde que observadas as precauções comuns ao produto.

Venda Sob Prescrição Médica