Home

Remédios Suplementos e Vitaminas Vitamed  Vacinas  Para Alérgicos


Faça sua busca aqui !
Clinaire






ABCdoPRECO

PRODUTOS

Bula do Cicloprimogyna Caixa com 21 drageas


Dica de compra
CICLOPRIMOGYNA
A+ A- Alterar tamanho da letra - Composição
11 drágeas brancas, contendo cada uma valeratode estradiol 2 mg e 10 drágeas pardo-avermelhadas, contendo cada uma valerato de estradiol 2 mg e levonorgestrel 0,25 mg.

- Posologia e Administração
nas pacientes que menstruam com certa regularidade, inicia-se o tratamento no 5º dia do ciclo, tenha terminado ou não o sangramento, 1 drágea diária durante 3 semanas. Em seguida, intercala-se 1 semana de intervalo durante a qual ocorre sangramento por privação. Pacientes amenorréicas ou com ciclos muito irregulares devem começar o tratamento em qualquer dia. Após a pausa de 7 dias, reiniciar sempre no 8º dia, independentemente de a perda sangüínea estar em curso ou ter cessado. Caso não ocorra perda sangüínea durante a pausa, é necessário excluir gravidez antes de reiniciar o tratamento, pois Cicloprimogyna não é contraceptivo.

- Precauções
Cicloprimogyna não tem efeito contraceptivo. Antes de iniciar o tratamento deve ser efetuado exame geral completo, minuciosa exploração ginecológica (incluindo as mamas e citologia vaginal) e deve-se excluir com segurança, a existência de gravidez. Deve-se afastar igualmente a presença de tumor hipofisário produtor de prolactina, uma vez que no estado atual do conhecimento, não se pode excluir que os macroadenomas aumentem de tamanho com doses elevadas de estrógeno . A paciente, durante o tratamento, não deve engravidar. Nos tratamentos prolongados, exames ginecológicos de controle com intervalo de aproximadamente 6 meses, deverão ser realizados. As pacientes, que na anamnese se revelarem portadoras de diabetes , hipertensão, varizes , otosclerose, esclerose múltipla , epilepsia , porfiria, tetania, coréia menor ou flebite , devem ser mantidas sob estrita vigilância médica e a administração só deve ser feita após considerar-se a relação risco-benefício. A administração simultânea e regular de outros medicamentos (p. ex.: barbitúricos, fenilbutazona, hidantoínas, rifampicina, ampicilina) pode reduzir o efeito de Cicloprimogyna. As necessidades diárias de medicação antidiabética poderão se alterar exigindo reajuste na sua dosagem. Durante o tratamento com esteróides sexuais, tais como, os contidos em Cicloprimogyna, algumas vezes têm sido observadas alterações hepáticas benignas, e mais raramente malignas, que em casos isolados podem provocar hemorragias intra-abdominais perigosas. Por isso devemos informar ao médico sobre quaisquer queixas abdominais altas não habituais que não cedam espontaneamente em curto espaço de tempo, pois pode ser necessário interromper a administração. Informar ao médico o aparecimento de reações desagradáveis, tais como: dores abdominais intensas, dores de cabeça tipo enxaqueca , dores de cabeça antes inexistentes ou que se tornem mais freqüentes, perturbações repentinas dos sentidos (p. ex.: visão, audição), dores ou inchaços inesperados nas pernas, dores ao respirar ou tossir de origem desconhecida, sensação de aperto e dor na região do tórax ou em caso de imobilização (p. ex.: após acidente), aparecimento de icterícia , hepatite , aumento de ataques epiléticos, cirurgias planejadas (6 semanas antes), coceira generalizada, aumento significativo da pressão arterial.

- Reações adversas
em casos raros podem ocorrer tensão mamária, distúrbios gástricos, náuseas , cefaléias, alterações do peso corporal e libido, sangramento de meio de ciclo.

- Contra-Indicações
gravidez. Distúrbios graves da função hepática; icterícia ou prurido severo durante uma gestação anterior; síndromes de Dubin-Johnson e de Rotor; tumores hepáticos, atuais ou anteriores, processos tromboembólicos ou antecedentes (ex.: apoplexia, infarto do miocárdio); diabetes grave com alterações vasculares; anemia falciforme; tumores hormônio -dependentes do útero ou da mama ou suspeita dos mesmos; endometriose ; distúrbios do metabolismo lipídico; antecedentes de exacerbação de otosclerose durante a gravidez; antecedentes de herpes gravídico; sangramento genital anormal de causa indeterminada.

- Indicações
amenorréias primária e secundária: irregularidades do ciclo; síndrome climatérica; manifestações carenciais após ooforectomia ou castração radiológica em patologias não neoplásicas.

- Apresentação
estojo circular com 21 drágeas.