Home

Remédios Suplementos e Vitaminas Vitamed  Vacinas  Para Alérgicos


Faça sua busca aqui !
ABCdoPRECO





ABCdoPRECO

Saúde News
- Alimentação - Gastronomia - Medicina - Saúde - Suplementos -
Busca: Buscar por titulo do tópico

09/11/2012
Tecnologia aplicada em bares e restaurantes reduz o gasto com cardápios em até R$ 21 mil ao ano

São Paulo, Novembro de 2012 .

Erros de pedidos e no fechamento das contas por causa da caligrafia.

Os problemas acima são constantes nos restaurantes que ainda utilizam as comandas de papel.

A automação comercial de bares e restaurantes também agiliza o atendimento e diminui os erros dentro e fora do balcão.

Outro benefício para os restaurantes, padarias e casas noturnas na adoção de terminais automatizados e softwares para cadastro de pedido é a economia.

A conta abaixo é simples e ilustra o cotidiano dos estabelecimentos comerciais: Um bloco com 1.

000 folhas (mil) custa aproximadamente R$ 20.

O gasto anual com comandas de um restaurante com 10 garçons é de R$ 1.

000 (mil).

Um cardápio com fotos coloridas custa, em média, R$ 25 e o gasto anual com cardápios e bloquinhos em um restaurante com 120 cardápios, ultrapassa os R$ 21.

000 (vinte e um mil reais).

Atualmente, as empresas de automação comercial têm criado soluções diversificadas para atender a cada tipo de estabelecimento, desde o pequeno até uma rede de franquias.

.

Não é só uma questão de economia, mas também uma decisão sustentável e que agride menos o planeta.

A partir do momento que o restaurante é automatizado, o gasto com papel é reduzido drasticamente.

, afirma Mauricio Medeiros, diretor de canais da Colibri.

O fim dos velhos bloquinhos com erros de grafia, que predominavam nas comandas de bares e restaurantes, e das incontáveis filas para pagamento está próximo.

A automação comercial traz melhorias para os donos dos estabelecimentos comerciais e também para os clientes.

Segundo levantamento da Colibri, a automação comercial proporciona a redução de 80% em custos causados por erros operacionais.

Outro dado que impressiona é o aumento de 15% na rotatividade das mesas nos restaurantes.

Além da precisão no envio de pedido para a cozinha e para o caixa, a automação auxilia também o garçom a atender com qualidade até 12 mesas, o dobro de um garçom tradicional.

Equipamentos como smartphones, tablets, telas sensíveis ao toque e outros tipos de comandas eletrônicas dispensam o uso de cardápios e bloquinhos de papel, evitando erros de anotação, grafia ilegível e desperdício.

Além de promover o gerenciamento dos gastos, pagamento de faturas e estoque, processos automatizados diminuem os erros e auxiliam na redução de uso do papel.

A automação comercial, rigorosamente, deve passar por três etapas: Planejamento, Preparação e Implementação.

Na primeira, deve-se escolher o sistema (software) e o responsável pelo processo.

Na preparação, são adquiridos os programas e os equipamentos definidos e as mudanças são efetuadas.

O treinamento da equipe é feito e acontece a parametrização do software.

Na terceira e última fase, recomenda-se iniciar o processo de implantação pela retaguarda, para que informações geradas na frente do restaurante automatizado sejam aproveitadas, caso a retaguarda esteja preparada.

Sobre a Colibri Empresa pertencente ao grupo americano NCR, a Colibri está há mais de 25 anos no mercado de automação comercial, hoje com mais de 16 mil clientes em sua carteira.

Focada em inovação, a empresa investe constantemente no desenvolvimento e aperfeiçoamento de softwares que dão total suporte à gestão de bares e restaurantes, incluindo gerenciamento de estoques e suprimentos, obtenção de pedidos, distribuição, entrega e faturamento.

Além do Colibri - o aplicativo para bares, restaurantes, padarias, lanchonetes e casas noturnas mais vendido no Brasil -, a empresa comercializa ainda o produto Girassol.

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA Cia da Informação .

Colibri www.

ciadainformacao.

com.

br Mauricio Moura Tel: 55 11 3074-3441 mauricio.

moura@ciadainformacao.

com.

br

Mais Detalhes [+]